Comércio eletrônico: identificação do perfil do e-consumidor

Dayana Carla de Macedo, João Luiz Kovaleski, Mathias Talevi Betim, Simone Nasser Matos

Resumo


Esta pesquisa foi realizada objetivando identificar o perfil do e-consumidor entre os acadêmicos de Administração da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), no estado do Paraná. Em um mercado de acelerada competição e de consumidores cada vez mais exigentes, traçar o perfil do consumidor para adotar melhores estratégias de negociação pode fazer toda a diferença, na medida em que aumenta a satisfação do cliente. A internet faz parte do cotidiano das pessoas, logo, as organizações devem adotar melhores estratégias de negociação para oferecer produtos e serviços a um nível distinto, de acordo com as necessidades e desejos dos e-consumidores. Nesse contexto, realizou-se a pesquisa bibliográfica acerca do tema, e para a pesquisa de campo utilizou- -se questionário. Ao analisar os dados, verificou-se que, dos entrevistados, 65,34% já efetuaram compras na internet, e 34,65% ainda não. Dos compradores, a maior parcela possui renda entre R$ 260,00 e R$ 1.300,00, e idade entre 16 e 25 anos, estando diariamente na  nternet de 1 a 6 horas, com o objetivo de obter informações pessoais, pesquisa e diversão. Os itens mais consumidos foram livros, eletrônicos e produtos de informática. O critério de mais relevância na decisão de compra foi o preço, seguido da confiança dos compradores em relação ao sítio de compra. Com relação aos problemas indesejáveis ao acessar um sítio, os entrevistados que efetuaram compras apontaram a falta de clareza do processo de compra e a ausência de uma ferramenta de busca. Dos acadêmicos que não efetuaram compra, verificou-se que os maiores fatores impeditivos são a insegurança e a visualização da qualidade do produto.

Palavras-chave


Comércio eletrônico. E-consumidor. Marketing. Perfil

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.