O processo de terceirização nas relações organizacionais

Alfredo Rodrigues Leite da Silva, Andreza Sampaio de Mello, Simone de Souza

Resumo


Nesta pesquisa objetivou-se discutir como o processo de terceirização é contextualizado nas culturas, nas relações de poder e no clima organizacional das empresas. As questões culturais, as relações de poder e o clima organizacional são fatores ligados a diferentes níveis de desempenho e estão presentes nas relações cotidianas das organizações. Para legitimar empiricamente essa discussão, os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas aplicadas aos funcionários de uma empresa líder na produção de papel e celulose. Foi possível concluir que os aspectos culturais, as relações de poder e o clima organizacional estão relacionados à forma como os funcionários encaram as mudanças trazidas pela terceirização. O processo de mudança desencadeado pelas terceirizações pode ser facilitado ou dificultado em função de como são tratadas as questões ligadas à cultura, ao poder e ao clima organizacional.

Palavras-chave


Cultura Organizacional. Relações de Poder. Clima. Terceirização. Papel e Celulose

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.