Impairment nas companhias aéreas internacionais durante a crise financeira mundial de 2008

Jocelino Donizetti Teodoro, Luciano Márcio Scherer

Resumo


Este estudo tem como objetivo detectar possíveis diferenças quanto ao reconhecimento de perdas com a redução ao valor recuperável de ativos (impairment) nos anos de 2007 a 2009, em função da crise financeira mundial ocorrida nesse período. Para tanto, foi realizada pesquisa descritiva com abordagem quantitativa do problema. A amostra é composta por 66 companhias aéreas de abrangência internacional. O setor foi selecionado por ter sofrido maiores impactos com a crise financeira mundial. Os resultados da pesquisa permitem concluir que houve o reconhecimento de perdas com impairment nas companhias aéreas internacionais de forma mais intensa em 2008, em relação a 2007 e a 2009, fato explicado pelo ápice da crise financeira. Concluiu-se que o reconhecimento de perdas por impairment efetivamente ocorreu com maior intensidade nos momentos em que se fez necessário, sugerindo que o reconhecimento do ajuste a valor recuperável é utilizado conforme as condições e expectativas do ambiente econômico. Ou seja, o ambiente e  nômico influenciou a prática contábil.

Palavras-chave


Crise Financeira Mundial. Redução ao Valor Recuperável de Ativos. Companhias Aéreas Internacionais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.