Construção de um instrumento de avaliação de benefícios em redes interorganizacionais

Breno Augusto Diniz Pereira, Juliano Nunes Alves, Leander Luiz Klein

Resumo


No contexto contemporâneo, a mudança não pode ser considerada sinônimo de insegurança, resistência e caos. A flexibilidade e a capacidade de adaptação são as características essenciais exigidas pelo mercado para que se possa tirar o maior e melhor proveito dela. Diante disso, as empresas vêm formando redes interorganizacionais para obter vantagens, como alcançar economias de escala e know-how com os parceiros da relação. Com o intuito de estudar e avaliar essa estratégia, este estudo tem como objetivo desenvolver um instrumento de avaliação de benefícios em redes interorganizacionais. Neste trabalho, de caráter exploratório, a coleta de dados foi realizada por meio de questionários aplicados junto aos empresários de duas redes do estado do Rio Grande do Sul. Após uma revisão da literatura sobre o assunto, os constructos foram inicialmente divididos em 17 categorias para o desenvolvimento do instrumento. Por fim, depois de terem sido feitos os testes de dimensionalidade e consistência interna, o instrumento co  ta de 35 questões relativas à gestão do conhecimento, inovação, partilha de recursos, capital social, confiança e competitividade.

Palavras-chave


Redes Interorganizacionais. Instrumento. Benefícios

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.