Estratégias de ensino-aprendizagem nos cursos de Pedagogia e Ciências Contábeis

Celio Gustavo Berwig, Jacqueline Veneroso Alves da Cunha, Jocelino Donizetti Teodoro, Romualdo Douglas Colauto

Resumo


Considerando que no processo de ensino-aprendizagem a responsabilidade pelo efetivo aprendizado recai sobre o professor, este necessita identificar as características dos estudantes, objetivando selecionar as melhores estratégias para despertar a motivação e reduzir a resistência do discente pela matéria. Nesse sentido, desenvolveu-se o presente estudo com o objetivo de identificar as principais estratégias de ensino-aprendizagem adotadas nos cursos de Ciências Contábeis e Pedagogia, na percepção de discentes de universidades públicas. Foi realizada pesquisa quantitativa com abordagem descritiva. Os dados foram obtidos a partir de questionário aplicado no mês de junho de 2011 aos alunos do terceiro e quarto ano de Ciências Contábeis e Pedagogia da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e da Universidade Federal do Paraná (UFPR). A consistência dos dados foi testada a partir do Alfa de Cronbach, enquanto as análises foram realizadas por meio de estatística descritiva. Como resultado, em harmonia ao estudo de M  zioni (2009), verificou-se que o ensino no curso de Ciências Contábeis em ambas as instituições caracteriza-se por aulas expositivas e resolução de exercícios. Dinâmicas de soluções de problemas são eventualmente aplicadas, com utilização, principalmente, de projetor multimídia, e-mail e livros didáticos. Por outro lado, no curso de Pedagogia, utilizam- -se aulas expositivas, discussão e debate, sendo mais frequentes dinâmicas de seminários e palestras, com o apoio de projetor multimídia e artigos científicos.

Palavras-chave


Ciências Contábeis. Pedagogia. Estratégias de Ensino-Aprendizagem

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.