Balanço Social: um estudo comparativo de duas instituições bancárias brasileiras

Gustavo Rugoni de Sousa, Jovani Lanzarin, José Meirelles Neto, Sandro Vieira Soares, Elisete Dahmer Pfitscher

Resumo


O Balanço Social é umas das formas que as empresas podem utilizar para divulgar informações de cunho econômico e acerca de suas ações de responsabilidade social ligadas, principalmente, às pessoas e ao meio ambiente. Diante disso, coloca-se como objetivo desta pesquisa identificar a correlação existente entre a variável Receita Líquida e as variáveis Investimentos Sociais Internos, Externos e Ambientais de duas instituições financeiras. Para isso, foram analisados os Balanços Sociais de modelo do Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Estatísticas (Ibase), nos anos de 2000 a 2007. Os dados foram coletados nas home pages das duas instituições. A pesquisa é classificada como descritiva, com abordagem quantitativa, e o procedimento utilizado foi o estudo comparativo das duas instituições. Os resultados apontam que os Investimentos Sociais Internos (ISI) e Externos (ISE) das empresas também foram crescentes. No Itaú foram registrados aumentos de aproximadamente 2 bilhões para o ISI e 6 bilhões para o ISE. Enq  nto no Unibanco, os aumentos foram de aproximadamente 950 milhões em ISI e 1,6 bilhões em ISE. Em ambas as empresas, foi registrado um decréscimo dos investimentos em meio ambiente. A análise de correlação indicou relações positivas fortes entre a Receita Líquida e o ISI e correlação forte entre a Receita e o ISE (acima de 0,90 em todos os casos).

Palavras-chave


Balanço Social. Bancos. Estudo Comparativo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.