Construção enxuta, proposta de diagnóstico e análise do canteiro de obras

Camila Candida Compagnoni dos Reis, Matheus Fernando Moro, Sandrine de Almeida Flores, Andreas Dittmar Weise

Resumo


Cenários de crise e instabilidade econômica mostram-se propícios para que as empresas busquem alternativas objetivando eficiência produtiva. A indústria da construção civil vem demonstrando baixos índices de produtividade, junto ao atual declínio do setor de modo que a construção enxuta apresenta-se como uma alternativa vantajosa. Este estudo teve como objetivo analisar a adoção de práticas Lean em um canteiro de obras autogerido, tendo como direcionador do diagnóstico os onze princípios da construção enxuta, propostos  por Koskela. Após a análise, foram sugeridas mudanças abrangendo a aplicabilidade da filosofia enxuta. Dentre as propostas, abrangeram mudanças no layout do canteiro de obras, utilização de técnicas e ferramentas para a diminuição de atividades que não agregam valor, e ainda padronização das atividades realizadas. Destacou-se como problema característico de obras autogeridas a inexistência de planejamentos. Salienta-se que as mudanças compreendem uma mudança de cultura das pessoas envolvidas, sendo imprescindível que haja uma mudança na forma de gestão na construção civil para o crescimento saudável do setor.


Palavras-chave: Construção Civil. Construção Enxuta. Canteiro de Obras. Redução de Perdas. Obra Autogerida.

Abstract


Crisis scenarios and economics instability are conducive for companies to seek alternatives aimed at efficiency productive. The construction industry has demonstrated low rates of productivity, along with the current decline of the sector so that the lean construction  presents itself as an advantageous alternative. The objective of this study was to analyze the adoption of Lean practices in a construction site self-managed, having as guide of the diagnosis the eleven principles of the lean construction, proposed by Koskela. After the analysis, it was suggested changes covering applicability of lean philosophy. The proposals included changes in the layout of the construction site, use of techniques and tools for the reduction of activities that do not add value, and also standardization of the activities  carried out. It was highlighted as a characteristic problem of selfmanaged works as the lack of planning. It should be noted that the changes include a change in the culture of the people involved, and it is imperative that there be a change in the way of management in  construction for the healthy growth of the sector.


Keywords: Civil Construction. Lean Construction. Construction Site. Reduction of Losses. Self-Managed Work.


Palavras-chave


Construção Civil. Construção Enxuta. Canteiro de Obras. Redução de Perdas. Obra Autogerida

Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, Ellen Rossi Silva de. Perfil Sócio-Educacional dos trabalhadores da construção civil na cidade de Campo Mourão. 2012. f 54. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Curso Superior de Tecnologia em Construção Civil. Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Campo Mourão, 2012.

AZEVEDO, Mário José; BARROS NETO, José de Paulo; NUNES, Fernando Ribeiro de Melo Análise dos aspectos estratégicos da implantação da lean construction em duas empresas de construção civil de Fortaleza, CE. In. Simpósio da administração da Produção, Logística e Operações Internacionais, 13, 2010, São Paulo. Anais..., São Paulo, SP. 2010.

AZIZ, Remon Fayek; HAFEZ, Sherif Mohamed. Applying lean thinking in construction and performance. Alexandria Engineering Journal, Alexandria, v. 52, p. 679 – 695, may. 2013.

BACHMANN ASSOCIADOS, 2007, Levantamento dos Gargalos Tecnológicos Cadeia Produtiva da Construção Civil. Relatório Técnico. SEBRAE-PR, Curitiba.

BARROS NETO, José de Paula; ALVES, Thaís da Costa Lago Alves. Análise estratégica da implementação da filosofia lean em empresas construtoras. In. Simpósio da administração da Produção, Logística e Operações Internacionais, XII, 2008, São Paulo. Anais..., São Paulo, SP. 2008.

BELLO, Fabrício R. R. Cinco motivos para a sua empresa implantar o lean em 2015. Jan. 2015. Disponível em: < http://isoflex.com.br/cinco-motivos-para-sua-empresa-implantar-o-lean-em-2015/>. Acesso em: 04 ago. 2016.

BENETTI, Heloisa Piassa. Diretrizes para avaliar a estabilidade do fluxo de valor sob a perspectiva da mentalidade enxuta. 2010. F 165. Tese (Doutorado) – Programa de pós graduação em Engenharia de Produção. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2010.

BRASIL. Câmara Brasileira da Indústria da Construção. Produtividade no setor da construção civil. Disponível em: . Acesso em 31 ago. 2015a.

BRAISL. Câmara Brasileira da Indústria da Construção. Disponível em: . Acesso em 01 set. 2015b.

BRASIL. Câmara Brasileira da Indústria da Construção. A produtividade da construção civil brasileira. Disponível em .pdf Acesso em: 25 de abril de 2015c.

CERYNO, Paula; POSSAMAI, Osmar. Como considerar os princípios do Lean Manufacturing no processo de desenvolvimento de produtos. XXVIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 2008, Rio de Janeiro, RJ. Anais... Rio de Janeiro, Rj, 2008.

DALLAROSA, Aurélio Zoelner. Proposta de Melhoria no Processo Industrial do Carbonato de Cálcio Apoiada em Modelo de Referência do Desenvolvimento de Produto e Processo. 2011. Dissertação – Programa de Pós Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2011.

DIREITINHO, Romão Manuel Leitão et al. Aplicação de uma ferramenta de análise dos princípios da construção enxuta. In. Congresso de Sistemas LEAN, IV, 2014, Porto Alegre. Anais..., Porto Alegre, RS. 2014.

FABRICIO, Márcio Minto. Projeto Simultâneo na Construção de Edifícios. 2002. f 329. Tese (Doutorado em Engenharia) – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. São Paulo, 2002.

FETTERMANN, Diego de Castro; OLIVEIRA, Rafaella Peixoto Del Pomo de; MARODIN, Giuliano de Almeida. O uso da estratégia de customização em massa em empresas da construção civil. Produção Online. Florianópolis, v. 15, n. 1, p. 135-162, jan – mar, 2015.

FRANCELINO, Thiago Ribeiro et al. Melhoria de processos com a aplicação da filosofia lean. In. XXVI Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 2006, Fortaleza, CE. Anais..., Fortaleza, CE. 2006.

FORMOSO, Carlos Torres. Lean Constructruction: princípios básicos e exemplos. In Construção Mercado: custos, suprimentos, planejamento e controle de obras. Porto Alegre, v. 15, p. 50-58, 2002.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo. Atlas, 176 p. 2002.

IBGE. Pesquisa Anual da Indústria da Construção, Rio de Janeiro, 2012.

ISSA, Usama Hamed. Implementation of lean construction techniques for minimizing the risks effect on Project construction time. Alexandria Engineering Journal, Alexandria, v. 52, p. 697 – 704, may. 2013.

KOSKELA, Lauri. Application of the new production philosophy to construction. CIFE Technical Report. Stanford University, Palo Alto, California, 1992.

KOSKELA, Lauri. Making do-the eighth category of waste. In: Annual Conference of the International Group for Lean Construction, 12, 2004, Dinamarca. Anais...Dinamarca: IGLC, 2004.

LEÃO, Cibele Fernando; ROCHA, Gabriela Sitja; FORMOSO, Carlos Torres. Perdas por making-do identificadas no canteiro de obras de um condomínio horizontal de baixa renda. In. Congresso de Sistemas LEAN, IV, 2014, Porto Alegre. Anais..., Porto Alegre, RS. 2014.

LIMA, Adalberto da Cruz; UGULINO, Janilton Maciel. Implementação de célula móvel de produção no ambiente da construção civil. Simpósio Brasileiro de Gestão da Economia da Construção, João Pessoa – PB, 2009. Anais..., João Pessoa – PB, 2009.

MACHADO, Ricardo L.; HEINECK, Luis Fernando M. Estratégias de produção para a construção enxuta. Disponível em: < http://www2.ucg.br/nupenge/pdf/Ricardo_Machado_I.pdf> . Acesso em: 05 fev. 2015.

MATIAS, Bergson da Silva. Lean Construction. 1ª Temporada de Mini cursos PETCIVIL. UFC, 2009.

MORETTI, Carlos Eduardo. Crise – o momento ideal para a implantação do Lean. Jun. 2015. Disponível em: . Acesso em: 04 set. 2015.

OHNO, Taiichi. O Sistema Toyota de produção: além da produção em larga escala. Porto Alegre: Bookman, 1988.

OLIVEIRA, Luis. Especial – Lean seis sgma. Uma grande estratégia em tempos de crise. Disponível em: . Acesso em: 04 set. 2015.

PICCHI, Flávio Augusto. Lean Trinking (mentalidade Enxuta): avaliação sistemática do potencial de aplicação no setor de construção. In. II SIBRAGEC. Anais... Fortaleza, 2001.

PINCH, L. Lean Construction: Eliminating the waste. Construction Executive, 2005.

REFOSCO, André Luiz Flores et al. Estudo dos conceitos da construção enxuta a partir de um caso de empreendimento habitacional. In. Congresso de Sistemas LEAN, IV, 2014, Porto Alegre. Anais..., Porto Alegre, RS. 2014.

REIS, Camila Candida Compagnoni dos et al. Construção enxuta, uma análise e levantamento de sugestões e melhorias em um canteiro de obras autogerido na cidade de Medianeira – PR. In. Encontro Interestadual de Engenharia de Produção, I, 2015, São João da Barra. Anais..., São João da Barra, RJ, 2015.

RUPPENTHAL, Janis Elisa et al. Experiências sobre a implementação da filosofia lean em uma obra de condomínio horizontam de interesse social em Santa Maria – RS. Espacios, v. 36, n. 16, p.4, 2015.

SARCINELLI, Wanessa Tatiany. Construção Enxuta através da padronização de tarefas e projetos. UFMG, 2008. 80 p. Monografia (Especialização) – Departamento de Engenharia de Materiais de Construção, Universidade Federal de Minas Gerais – Minas Gerais, 2008.

SILVA, Edson Zílio. Um modelo de guia para a preparação da implementação da produção enxuta baseado na aprendizagem organizacional. 2008. Tese de Doutorado (Doutorado em Engenharia de Produção) – Escola de Engenharia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

STEFANELLI, Paola. Modelo de Programação da Produção nivelada para a produção enxuta em ambiente ETO com alta variedade de produtos e alta variação de tempo de ciclo. USP – São Carlos, 133p. Dissertação (Mestrado) - Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos – São Paulo, 2010.

TILLMANN, Patrícia André. Diretrizes para a adoção da customização em massa na construção habitacional para baixa renda. 2008. Dissertação de Mestrado (Mestrado em Engenharia Civil) – Escola de Engenharia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

WOMACK, James P.; JONES, Daniel T. A mentalidade enxuta nas empresas: elimine o desperdício e crie riqueza. 6. ed. Rio de Janeiro: Campus, 2004.

WOMACK, James P.; JONES, Daniel T.; ROSS, Daniel. A máquina que mudou o mundo. 5. ed. Rio de Janeiro: Campus, 2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.