O processo de criação da estratégia na pequena empresa

Orlando Isidoro Loureiro

Resumo


A concepção da estratégia tradicionalmente foi descrita pela literatura como um processo racional, formal e deliberado que visa alcançar resultados de médio-longo prazo. Entretanto, a complexidade organizacional inerente ao dinamismo dos mercados contemporâneos nem sempre permite que as estratégias sejam executadas como foram pretendidas. Muitas decisões estratégicas são modificadas por ações que emergem sem a definição de um plano formal. Estas ações não planejadas são influenciadas por um processo de aprendizado contínuo. A dinâmica de criação da estratégia pode ser observada claramente nas pequenas empresas, pois necessitam adaptar continuamente o conteúdo de sua estratégia para serem flexíveis e responsivas às mudanças constantes do ambiente. Neste contexto, o papel do aprendizado é imperativo para que se estabeleça um padrão de ação adaptado à realidade das pequenas empresas. A dinâmica do processo estratégico e do aprendizado na pequena empresa ainda é pouco explorada no Brasil, merecendo estudos que au  liem a construção de uma teoria organizacional compatível com suas especificidades. Assim, o objetivo do presente artigo foi elaborar um mapa interpretativo do processo de criação da estratégia na pequena empresa sob a influência do aprendizado e da gestão do conhecimento. O objetivo foi cumprido pela oferta do mapa denominado pelo autor como mapa interpretativo de criação da estratégia na pequena empresa (Micepe), elaborado a partir de criteriosa pesquisa, por meio de duas etapas: 1) revisão bibliográfica dos principais autores que abordam os temas referentes à estratégia, aprendizado e gestão do conhecimento; 2) análise do mapa organizacional elaborado por Escrivão Filho et al. (2005).


Palavras-chave


Pequena Empresa. Mapa Interpretativo. Criação de Estratégia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.