Avaliação do emprego da técnica de modelagem de equações estruturais em teses e dissertações de universidades públicas de alta performance

Leandro Campi Prearo, Maria Aparecida Gouvêa

Resumo


Este artigo faz parte de um amplo estudo sobre a adequação no uso de técnicas estatísticas multivariadas em teses e dissertações de algumas instituições de Ensino Superior na área de marketing na temática do comportamento do consumidor entre 1997 e 2006. Neste artigo, é focalizada a modelagem de equações estruturais, uma técnica com grande potencial de uso em estudos de marketing. Foi objetivo deste trabalho a análise da adequação do emprego dessa técnica às necessidades dos problemas de pesquisa apresentados nas teses e dissertações dos Programas de Pós- Graduação de duas universidades públicas – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo; e Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul –, a partir de três objetivos específicos: a) identificar a intensidade de uso das técnicas multivariadas na área de Marketing, temática do Comportamento do Consumidor; b) identificar o nível de adequação do uso da técnica de modelagem de equações estruturais aos p  blemas de pesquisa apresentados nessas dissertações e teses selecionadas; c) identificar fontes de erros da aplicação da técnica de modelagem de equações estruturais, a partir do não atendimento às suas premissas básicas. De forma geral, os resultados sugerem a necessidade de um aumento do comprometimento dos pesquisadores na verificação de todos os preceitos teóricos de aplicação da técnica de modelagem de equações estruturais.

Palavras-chave


Modelagem de Equações Estruturais. Análise Multivariada. Métodos Quantitativos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.