A sustentabilidade e sua relação com as estratégias organizacionais

Valéria da Veiga Dias, Uiara Gonçalves De Menezes, Eliete Pozzobon Palma, Marcia Zampieri Grohmann

Resumo


O presente artigo visa conhecer a percepção dos gestores de uma indústria do setor de alimentos e bebidas, quanto à sustentabilidade e qual sua relação na formulação de estratégias da empresa, visando verificar se a empresa faz uso de práticas sustentáveis e se estas estão claramente definidas nas estratégias; e qual sua importância na percepção dos gestores. O conceito de desenvolvimento sustentável tem se aprimorado num processo contínuo de reavaliação da relação existente entre as dimensões econômica, ambiental e social e as estratégias da organização. Para avaliar a percepção dos gestores foi utilizado o modelo de conceitual de Tachizawa, que propõe um modelo de gestão ambiental e responsabilidade social que leva em conta o delineamento estratégico de uma organização. Como resultado deste estudo, que busca relacionar as práticas sustentáveis e a gestão estratégica da organização, é possível dizer que a organização não relaciona os dois aspectos, ou seja, as ações sociais não visam trazer uma melhoria de desempenho nos negócios. Quanto à percepção, os gestores apresentam-se dispersos quanto aos conceitos e práticas de sustentabilidade. 


Palavras-chave


Sustentabilidade. Estratégia. Gestão

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.