Precificação em empresas comerciais: um estudo de caso aplicando o custeio variável através do Método de Monte Carlo

Pablo Rogers, Eduardo José do Santos, Sirlei Lemes

Resumo


Apresenta-se, neste artigo, o sistema de custeio variável no processo de formação de preços de venda nas empresas comerciais varejistas, usando, para tanto, o estudo de caso de uma empresa do setor. Considerou-se, no método de precificação, o custo de oportunidade dos recursos no tempo, além da discussão de um novo conceito: o mark-up médio mínimo. Este conceito funciona como um facilitador na precificação das mercadorias por meio do custeio variável para empresas que trabalham com muitos itens em seus estoques e não possuem um sistema adequado de alocação de custos. Considerando que o processo de formação de preços baseia-se em estimativas de resultados futuros, como o volume de demanda, como incremento, fez-se uso, na análise proposta, da Simulação de Monte Carlo, possibilitando gerar uma distribuição de probabilidade para o mark-up médio mínimo e analisar a sensibilidade deste em relação à estrutura de custos. Em termos práticos, conclui-se que a precificação, como desenvolvida no artigo, proporciona a formulação de estratégias para redução de custos e identifica as variáveis que mais influenciam o preço de venda.


Palavras-chave


Precificação. Custeio Variável. Custo de Oportunidade. Empresas Comerciais Varejistas. Método de Monte Carlo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.