Políticas sociais no Brasil pós Plano Real

Rafael Moraes, Róber Iturriet Avila, Stefano José Caetano da Silveira

Resumo


A intenção deste artigo é analisar os fundamentos das principais políticas públicas sociais no Brasil no período pós-Plano Real, bem como seus resultados apurados através da dinâmica da distribuição de renda. Dado que a manutenção da política macroeconômica conservadora durante todo o período inviabilizou aumentos consideráveis nos repasses para as referidas políticas sociais, a análise centralizou-se mais no perfil dos gastos que em seu montante. Com base neste fundamento, o artigo se divide em dois sub-períodos: um de políticas sociais universais (1994-2000) e outro de políticas sociais focalizadas (2001-2008). É debatida, adicionalmente, a capacidade de tais políticas aprofundarem a redução da desigualdade de renda no que toca o conflito capital/trabalho.

Palavras-chave


Políticas públicas. Distribuição de renda. Programas sociais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.