Gestão estratégica da responsabilidade social: o caso das empresas do setor de atacado e comércio exterior na Região Sul do País

Marcelo Leite Esteves, Sidnei Santos da Silva, Lílian M. Aligleri

Resumo


O desenvolvimento de uma nação pode ser avaliado pela sua capacidade de produzir bens e serviços de excelência que elevem a qualidade de vida e o bem-estar da população. Isto requer um conjunto de empresas socialmente comprometidas nos diferentes setores da atividade econômica que interajam de forma cooperativa, estratégica e  onsciente de seu impacto na sociedade. Discutir a gestão estratégica da responsabilidade social entre empresas do setor de atacado e comércio exterior, com foco na gestão de recursos humanos, é o objetivo do presente artigo. Este trabalho caracteriza-se como pesquisa de campo, descritiva, utilizando-se também de pesquisa bibliográfica.  ara sua construção pesquisaram-se as maiores empresas do setor de atacado e comércio exterior no sul do Brasil. Apesar de alguns resultados terem sido detectados, há muito para avançar na gestão socialmente responsável das empresas deste setor, uma vez que estas demonstraram não se preocupar em suportar funcionários demitidos,  valiar critérios socioeconômicos no processo de demissão, orientar funcionários para aposentadoria, beneficiar o funcionário inválido por acidente de trabalho, e estimular políticas de promoção de grupos menos favorecidos.  


Palavras-chave


Gestão estratégica. Responsabilidade social. Recursos humanos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.