A importância da educação financeira para a estabilidade econômica e independência financeira de pessoas de baixa renda

Evelyn Bugno Schibelbain Gans, Johnny Roger Marugal Gans, Luciana Téche Vieira de Oliveira, Pedro da Rosa Moreira, Amilton Dalledone Filho

Resumo


A facilidade na obtenção de crédito somada ao crescimento econômico e à distribuição de renda observada nos últimos anos no Brasil trouxera ganhos à economia e melhoria na qualidade de vida da população. No entanto, a falta de orientação e de planejamento financeiro podem levar as pessoas a comprometerem suas rendas com dívidas em consequência do comprar sem pensar. Para os jovens de baixa renda que estão ingressando no mercado de trabalho e que possuem menos recursos, faz-se necessária a orientação sob financeira, para que tenham oportunidade de iniciar uma vida financeira adequada. Para tanto, é importante identificar o conhecimento deles sobre o tema, pois a educação financeira é um importante item na estabilidade econômica e independência financeira. Dessa forma, foi realizada uma pesquisa bibliográfica e de campo com os alunos da Guarda Mirim, que correspondem aos requisitos do público-alvo, isto é, baixa renda e preparo para ingresso no mercado de trabalho. Verificou-se um grande interesse desses jovens em aprender educação financeira. Esse resultado observado na pesquisa é importante, pois hábitos saudáveis inseridos desde o princípio de sua vida financeira e laboral possibilitarão escolhas sábias e conscientes, trazendo bons resultados econômicos no presente e uma vida equilibrada no futuro.

Palavras-chave


Planejamento Financeiro. Educação Financeira. Finanças Pessoais. Orientação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.