Atendimento da ITG 2002 por entidades goianas do terceiro setor: um recorte nas demonstrações financeiras de 2013

Feliciano Celso Maciel, Lúcio de Souza Machado

Resumo


Mudanças significativas provocadas no cenário contábil do Brasil na adoção das normas internacionais de contabilidade International Financial Reporting Standarts – IFRS, com a edição das Leis n.° 11.638/2007 e 11.941/2009, aumentaram o grau de subjetividade no julgamento das informações contábeis e geraram melhorias nos demonstrativos contábeis para as empresas de grande porte e empresas reguladas. Como esse processo se tornou irreversível, o Terceiro Setor não poderia ficar alheio e fez com que o Conselho Federal de Contabilidade (CFC), cinco anos depois, editasse a Resolução n. 1409, em setembro de 2012, aprovando a ITG 2002, que estabelece critérios e procedimentos específicos às entidades sem finalidade de lucros. Neste estudo foi aplicado o uso da investigação qualitativa para verificar o nível de evidenciação contábil das demonstrações contábeis obrigatórias na prestação de contas das 11 Entidades Sem Fins Lucrativos (ESFLs), selecionadas para o estudo, que operam no Estado de Goiás. Após a análise dos dos, pôde-se concluir que as entidades não atendem adequadamente as normas contábeis na evidenciação de suas demonstrações contábeis obrigatórias, conduzindo uma inadequada evidenciação contábil nas prestações de contas, corroborando os achados de Politelo, Zitei e Scarpin (2013).

Palavras-chave: Entidades Sem Fins Lucrativos. Normas de Contabilidade. Evidenciação Contábil.


Abstract

Significant changes caused in the accounting environment in Brazil made the country to adopt international accounting standards International Financial Reporting Standarts – IFRS, with the edition of Law 11.638/2007 and 11.941/2009, increased the degree of subjectivity in the judgment of accounting information and generated improvements in financial accounting for great companies and regulated companies. As this process became irreversible, the 3rd (third) sector could not remain indifferent and made the Federal Accounting Council,] five years later, edit the Resolution 1409 in September – 2012 approving the ITG 2002 establishing specifics criterias and procedures to entities without profit. In this study was applied the use of qualitative research to verify the level of accounting evidence in the mandatory accountability of 11 Nonprofit Entities (ESFLs) selected for the study, which operate in the state of Goiás. After analysis of the data can conclude that the entities do not adequately meet the accounting andards of mandatory financial accounting and conduct an inadequate accounting in the accountability, corroborating the findings of Politelo, Zitei and Scarpin (2013).

Keywords: Non-Profit Entities. Accounting Standards. Accounting Disclosure.


Palavras-chave


Entidades Sem Fins Lucrativos. Normas de Contabilidade. Evidenciação Contábil

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.