EVOLUÇÃO E DISTRIBUIÇÃO SETORIAL DO INVESTIMENTO DIRETO ESTRANGEIRO NO BRASIL NO PERÍODO DE 1995 A 1999

Adriana Alves, Eliana Velasco

Resumo


Os fluxos de investimento direto estrangeiro (IDE) vêm aumentando significativamente nos últimos anos. Após ficarem em posições quase nulas no final dos anos 70 e nos anos 80, retornam a partir de 1994, coincidindo com o advento do Plano Real e com o movimento de privatizações iniciado em 1990. Estes investimentos vêm sendo uma alternativa de financiamento dos déficits dos Balanço de Pagamentos muito utilizada pelos governantes dos países em desenvolvimento principalmente. Este artigo objetiva analisar os fluxos de IDE no Brasil, bem como sua distribuição setorial.

Palavras-chave


Investimento direto estrangeiro. Distribuição setorial. Crescimento do IDE. Privatização. Déficits

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.