A Terceira Revolução Industrial e o Novo Paradigma Produtivo: Algumas Considerações sobre o Desenvolvimento Industrial Brasileiro nos Anos 90

Moisés Francisco Farah Júnior

Resumo


Este artigo faz uma breve análise do surgimento de um novo paradigma produtivo na economia mundial, bem como da ruptura do antigo sistema fordista de produção, o que traz como conseqüência uma maior exposição da empresa brasileira no mundo globalizado e com rápidas mas profundas alterações econômico-sócio-culturais e tecnológicas no setor produtivo. O desafio é buscar a construção de capacidade competitiva para as empresas locais de acordo com os padrões exigidos nesta etapa da economia mundial.

Palavras-chave


Fordismo. Globalização. Capacidade competitiva. Economia mundial

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.