Especialização e Compartimentalização de Saberes: Efeitos sobre a Produção de Cuidados e Administração em Saúde

Maria Marce Moliani

Resumo


Este artigo analisa os efeitos da especialização técnica dos trabalhadores em saúde sobre os relacionamentos humanos no trabalho e, conseqüentemente, sobre a produção total da organização hospitalar. O hospital é uma organização moderna e complexa, que coordena e condiciona a ação de diversos agentes de forma racional, perseguindo objetividade de resultados e eficiência para cada tarefa desempenhada. Esses trabalhadores são profissionais especializados, ou seja, são indivíduos que mantêm uma esfera de poder sobre o próprio trabalho devido ao saber que detêm e que não é compartilhado por todos. Porém, ocupam posições assimétricas no processo produtivo e na escala de poder e prestígio da organização, desigualdades estas que, aliadas à natureza do trabalho em saúde e à lógica formal que orienta as atividades no hospital, mantêm esses trabalhadores numa situação de grande insegurança, gerando uma série de conflitos.

Palavras-chave


Trabalho. Processo de trabalho. Relações de trabalho. Organizações

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.