O INTERCÂMBIO ELETRÔNICO DE DADOS - EDI E SEUS IMPACTOS ORGANIZACIONAIS

Geciane S. Porto, Reinaldo N. Braz, Guilherme Ary Plonski

Resumo


O atual cenário econômico é marcado por intensa competitividade, pela necessidade de rápida adequação e pela exigência de maior integração entre as empresas. Nesse contexto, o EDI (intercâmbio eletrônico de dados) surge como um tipo de tecnologia de informação capaz de estreitar o relacionamento entre empresas, podendo ser definido como um fluxo eletrônico e padronizado de dados entre empresas que permite melhorar os resultados, tanto em termos operacionais quanto estratégicos. Este artigo analisa os impactos provocados pela sua implantação nos aspectos organizacionais, referentes à cultura e aos critérios de desempenho de empresas que atuam nos setores eletro-eletrônico, distribuição, comércio e serviços.

Palavras-chave


EDI. Produtividade. Tecnologia. Processo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.