Práticas de assédio moral no ambiente de trabalho e seu impacto afetivo

Benedito Alves de Oliveira, Luana Karoline da Silva Batista, Dayane Fernandes Ferreira, Eraldo Carlos Batista

Resumo


A prática de assédio moral no ambiente de trabalho ainda é desconhecida por muitos colaboradores do meio laboral. O objetivo neste estudo foi analisar a presença de assédio moral no trabalho e seu impacto afetivo percebido por trabalhadores de uma empresa de médio porte do interior do Estado de Rondônia. A pesquisa foi delineada por uma abordagem quantitativa do tipo descritiva, realizada com 25 colaboradores, de ambos os sexos, correspondentes a 49% da população geral. Como instrumento de coleta de dados, utilizaram-se as escalas de Percepção de Assédio Moral no Trabalho (EP-AMT) e a Escala do Impacto Afetivo ao Assédio Moral no Trabalho (EIA-AMT). Os resultados mostraram  que embora o assédio moral tenha sido pouco percebido pelos participantes e que o impacto afetivo produzido nos colaboradores tenha sido baixo, em todas as dimensões dos instrumentos foram encontradas evidências que sinalizam    algum tipo de manifestação de assédio no trabalho entre os participantes. Conclui-se que é necessário o desenvolvimento de estratégias que visem prevenir os impactos que o assédio moral pode causar nos colaboradores na empresa investigada.

Palavras-chave: Assédio Moral. Ambiente de Trabalho. Colaboradores.

Abstract

The practice of bullying in the work environment is still unknown by many employees. The objective of this study was to analyze the presence of moral harassment at work and its affective impact perceived by employees of a medium-sized   company in the interior of the State of Rondônia. The research was delineated by a quantitative approach of the descriptive type, performed with 25 employees, of both sexes, corresponding to 49% of the general population. The Mortal  Harassment Perception scales at Work (EP-AMT) and the Affective Impact Scale for Workplace Moral Harassment (EIA-AMT) were used as instruments of data collection. The results showed that although bullying was poorly perceived by the participants and that the affective impact produced on employees was low, in all dimensions of the instruments evidence was found that indicates some type of harassment in the work among the participants. It is concluded that it is   necessary to develop strategies to prevent the impacts that bullying can cause on employees in the company under investigation.

Keywords: Harassment. Desktop. Contributors.


Palavras-chave


Assédio Moral. Ambiente de Trabalho. Colaboradores

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.