INOVAÇÃO COMO VANTAGEM COMPETITIVA NA INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA

Natalia Biscolli Biasi, Ana Luiza Holthausen Campos Wiese, Antoninho Caron, Robson Seleme

Resumo


Visando tornar a empresa competitiva em um mercado atual cada vez mais disputado, as organizações têm focado na inovação. O presente estudo consiste em identificar como a inovação influencia na competitividade entre as organizações de produção e comercialização de alimentos, com foco no ramo de chocolates e doces. Cada vez mais aumenta a necessidade de se elevar o nível de produtividade nas empresas, o que, consequentemente, resulta na conquista de sucesso e proporciona um nível de competição adequado entre companhias. Dentre alguns dos fatores que são essenciais para a conquista da produtividade e competitividade, pode-se citar um em específico: a inovação. Este pilar é primordial para as empresas que buscam se diferenciar no mercado. Com o objetivo de entender na prática o que leva as empresas a inovarem, foi realizada uma pesquisa com consumidores de chocolates e doces, e um estudo de caso com colaboradores de empresas deste mesmo segmento, os resultados foram correlacionados e analisados. Através  dos resultados, pôde-se comprovar que a inovação em produtos deste segmento é constantemente percebida pelos consumidores quando expostos nas gôndolas de supermercados tornando-se mais atrativos no momento da decisão de compra. Da mesma forma, os colaboradores acreditam que as estratégias de inovação aplicadas em suas empresas têm influência no grau de satisfação de seus clientes, impactando diretamente na competitividade entre empresas do mesmo ramo.

Abstract
In order to make the company competitive in an increasingly challenge market, organizations have been focused on innovation. The present study consists of identifying how innovation influences the competitiveness between organizations of foodproduction and  commercialization with focus on the chocolate and candy segment. The need to raise the level of productivity in companies is increasing, which, consequently, results in success achievement and provides an appropriate level of competition between companies. Among some of the factors that are essential for the achievement of productivity and competitiveness, specific one can be cited: innovation. This pillar is essential for companies that seek to differentiate themselves in the market. With the purpose to understand in practical what leads companies to innovate, a research was carried out with consumers of chocolates and sweets, and a case study was performed with employees of companies from this same segment, the results were correlated and analyzed. Through the results, it was possible  to prove that the innovation in products of this segment is constantly noticed by consumers when exposed in supermarket shelves becoming more attractive at the time of purchase decision. In the same way, the employees believe that the innovation strategies applied in their companies have influence in the degree of satisfaction of their clients, directly impacting the competitiveness between companies of the same segment.

Keywords: Innovation. Competitiveness. Productivity. Food Industry


Palavras-chave


Inovação. Competitividade. Produtividade. Indústria de Alimentos

Texto completo:

PDF

Referências


M. Os tipos de Inovação. Disponível em:

. Acesso em: 23 jul. 2015.

ABREU, Andreia de. A importância da inovação tecnológica na indústria de alimentos: um estudo de caso numa empresa de grande porte. In: Encontro Nacional de Engenharia de Produção (ENEGEP), 32, 2012, Bento Gonçalves. Anais... Bento Gonçalves: ABEPRO, 2012.

ALVES, Elizeu Barroso; ROLON, Vanessa Estela Kotovicz; FREITAS, Renan Figueiredo de. Modelos inovadores como diferencial competitivo de negócios. Revista Organização Sistêmica, v. 5, n. 3, p. 76-99, 2014.

BESSANT, John; TIDD, Joe. Gestão da inovação. 5. ed. Porto Alegre: Bookman Editora, 2015.

CONCEIÇÃO, Junia Rodrigues et al. Indústria de Alimentos no Brasil e Inovação Tecnológica. In: 44th Congress, July 23-27, 2006, Fortaleza, Ceará, Brasil. Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural (SOBER), 2006.

CONTADOR, José Celso. Campos da competição. Revista de Administração da Universidade de São Paulo, v. 30, n. 1, 1995.

DOMINGUES, Silvia A. A Indústria de Alimentos e Bebidas no Brasil: uma análise da dinâmica tecnológica e das estratégias de inovação de suas empresas entre 1998 e 2005. 2008. Tese de Doutorado. Tese (Doutorado). Campinas: Unicamp.

FERRAZ, João Carlos; KUPFER, David; HAGUENAUER, Lia. Made in Brazil: desafios competitivos para a indústria. Rio de janeiro: Campus, p. 386, 1995.

FREEMAN, Christopher; SOETE, Luc. The economics of industrial innovation. 3. ed. Psychology Press, 1997.

HENRIQUES, S. Zeferino; FARAH, Osvaldo Elias. Ambiente Empresarial e competitividade: a ligação da Estratégia à Execução. 4ª Amostra Acadêmica UNIMEP. São Paulo, 2006.

INVENTTA. Indústrias de alimentos superam desafios com a inovação aberta. 2011. Disponível em: . Acesso em: 23 jul. 2015.

MARQUES, Paulo César Souza Marques. Inovação Estratégica: Uma Alternativa para a Empresa do Século XXI. Revista da Católica, São Paulo, v. 2, n. 4, jul./dez. 2010.

MARTINS, Gustavo Müller; RUFFONI, Janaína Passuello; RODRIGUES, Kátia Cilene. Estratégia Competitiva no Setor de Alimentos: o caso de uma empresa de Canela/RS. XXII Enanpad, Anais... Foz do Iguaçú/PR, p. 1-16, 1998.

OECD. Competition Issues in the Food Chain Industry. 2013. Disponível em:

Acesso em: 29 jul. 2015

OLIVEIRA GAVIRA, Muriel de et al. Gestão da inovação tecnológica: uma análise da aplicação do funil de inovação em uma organização de bens de consumo. RAM. Revista de Administração Mackenzie, v. 8, n. 1, p. 77-107, 2007.

PORTER, Michael E. A vantagem competitiva das nações. 1993.

PORTER, Michael E. Competitive strategy: Techniques for analyzing industries and competition. New York, v. 300, 1980.

SIAL BRAZIL. Tendências e Inovações na Indústria de Alimentos. 2012. Disponível em: Acesso em 29 jul 2015.

SCHUMPETER, Joseph A. Joseph A. Capitalismo, socialismo y democracia. 1984. SIDONIO, Luiza et al. Inovação na indústria de alimentos: importância e dinâmica no complexo agroindustrial brasileiro. Bndes Setorial, v. 37, p. 333-370, 2013.

SILVA NETO, Eugênio Mauricio da. A aplicação da inovação como estratégia competitiva nas pequenas e médias empresas. 2012. 33f. Monografia (Especialização em Gestão Industrial: Conhecimento e Inovação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.