Jornada de trabalho dos professores da rede pública de ensino

Graciela Sanjutá Soares Faria, Alessandra Rachid

Resumo


Os professores contam com uma jornada de trabalho que inclui, além do tempo de ensino, vários outros tempos demandados para as atividades extraclasses. Eles têm grandes demandas profissionais, que podem se refletir em longas jornadas, difíceis de ser conciliadas com a vida pessoal-familiar, em especial pela predominância das mulheres no setor de ensino. Assim, o objetivo deste artigo é compreender a jornada de trabalho de professores do Ensino Fundamental e Médio da rede pública de ensino do Estado de São Paulo. Para isso, foi aplicado um questionário para 95 professores da rede pública – 17 deles foram entrevistados, além de uma diretora e um representante sindical. Além disso, foram coletados dados na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do Ministério do Trabalho para entender a jornada, inclusive considerando a questão do gênero. Foi identificada uma grande variação na amostra de professores pesquisados quanto ao número de escolas onde atuam, bem como de turmas, de alunos e também em relação ao temp dedicado ao ensino e atividades extraclasse. Merece atenção o fato de ter sido identificada uma concentração significativa de professores em situações extremas de demandas e de jornada de trabalho.

Palavras-chave: Organização do Trabalho. Jornada de Trabalho. Ensino Público. Professores. Conflitos Trabalho-Família.


Abstract

The teachers working hours include time in class and time for several others extra class activities. They have large professional demands that could represent working long hours, what makes difficult to conciliate with personal and familiar demands, in especial considering the predominance of women in the teaching sector. The aim of this paper is to understand working hours of elementary and high school teachers in public schools in the State of São Paulo. For this purpose, a sample of 95 teachers answered a questionnaire, 17 of whom were also interviewed, besides one school director and one union representative. Data was gathered from RAIS (Annual Report of Social Information), issued by the Labor Ministry, containing information regarding working hours, considering gender mix. There was a wide variation in the sample of teachers surveyed, related to the number of schools where they work, classes, students, time in class and time in extra class activities. Deserve attention the fact of it was identified a la e concentration of teachers in extreme situations regarding to the demands of work and working hours.

Keywords: Work Organization. Working Hours. Public Education. Teachers. Work and Family Conflict.


Palavras-chave


Organização do trabalho. Jornada de trabalho. Ensino Público. Professores. Conflitos Trabalho-Família

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.