ORÇAMENTO BASE ZERO (OBZ): AGREGANDO VALOR NA GESTÃO EMPRESARIAL

Francisco Carlos Cobaito

Resumo


O presente estudo tem como finalidade identificar as contribuições do Orçamento Base Zero (OBZ) para a gestão eficaz no ambiente empresarial, em especial suas origens, o conceito, formas de elaboração e utilização, e as vantagens e desvantagens. Referente à  metodologia, optou-se por uma abordagem qualitativa, exploratória, através de um estudo de caso em uma empresa que atua no segmento de prestação de serviços de encomendas urgentes, a qual aplica a metodologia do OBZ no desenvolvimento de seu plano  orçamentário. Pode-se concluir que o OBZ vai além de uma ferramenta para redução de custos, mas sim, representa uma metodologia de gestão empresarial que proporciona enxergar a empresa de maneira detalhada, visando proporcionar o desenvolvimento de melhores configurações organizacionais, assim como para a otimização de recursos financeiros.

Abstract
The purpose of this study is to identify the contributions of the Zero Base Budget (OBZ) for effective management in the business environment, especially its origins, concept, ways of elaboration and use, and advantages and disadvantages. Regarding the methodology,  we opted for a qualitative, exploratory approach, through a case study in a company that operates in the segment of urgent parcel service, which applies the OBZ methodology in the development of its budget plan. It can be concluded that OBZ goes beyond a tool for cost reduction, but it represents a business management methodology that provides a detailed view of the company, aiming to provide the development of better organizational configurations, as well as for the optimization of resources financial resources.

Keywords: Zero Base Budget. Cost Management. Business Management


Palavras-chave


Orçamento Base Zero. Administração de Custos. Gestão empresarial

Texto completo:

PDF

Referências


BORNIA, Antonio Cezar; LUNKES, Rogério João. Uma contribuição à melhoria do processo orçamentário. Contabilidade Vista & Revista, v. 18, n. 4, 2007.

BLEEKER, Ron. Key Features of Activity-Based Budgeting. Revista Cost Management. v..15, n. 4, Jul./ Aug. 2001.

COBAITO, Francisco Carlos. Condicionantes socioeconômicas para o surgimento do administrador de empresas. Revista de Administração de Roraima-RARR, v. 2, n. 2, p. 4-16, 2012.

CORDEIRO FILHO, José Bernardo. Orçamento como ferramenta de gestão: do orçamento tradicional ao Advanced Budgeting. In: Anais do Congresso Brasileiro de Custos-ABC. 2007.

FERNANDES, Francisco Carlos; KLANN, Roberto Carlos; SALMERON FIGUEREDO, Marcelo. A utilidade da informação contábil para a tomada de decisões: uma pesquisa com gestores alunos. Contabilidade Vista & Revista, v. 22, n. 3, 2011.

FERREIRA, Fernanda Baldasso; DIEHL, Carlos Alberto. Orçamento empresarial e suas relações com o planejamento estratégico. Pensar Contábil, v. 14, n. 54, 2012.

FIGUEIREDO, Sandra MA. Contabilidade e a gestão empresarial: a controladoria. Revista Brasileira de Contabilidade, v. 24, n. 93, p. 20-34, 1995.

FRANCO, H; MARRA, E. Auditoria contábil. São Paulo: Atlas, 2000.

FREZATTI, Fábio. Beyond budgeting: inovação ou resgate de antigos conceitos do orçamento empresarial? RAE-revista de administração de empresas, v. 45, n. 2, 2005.

HERRMANN, Thomas J. et al. A zero-base approach to medical school planning and budgeting. Academic Medicine, v. 56, n. 8, p. 623-33, 1981.

LOPES, Hilton De Araújo; BLASCHEK, José Roberto. Orçamento empresarial: manter, aperfeiçoar ou abandonar? In: Anais do Congresso Brasileiro de Custos-ABC. 2005.

LUNKES, Rogério João; VERTUOSO, Olinto Melo. Orçamento de Base Zero–OBZ. Revista Brasileira de Contabilidade, n. 144, p. 52-65, 2003.

LIMA, Leandro. Disponível em: http://blog.angelicoadvogados.com.br/2013/11/08/ orcamento-base-zero/. Acesso em 23 de maio de 2016.

LUNKES, R. J. Manual do Orçamento. São Paulo: Atlas, 2007.

PADOVEZE, Clóvis L. Contabilidade gerencial: um enfoque em sistema de informação contábil. São Paulo: Atlas, 2000.

PYHRR, Peter A. Orçamento base zero. Tradução de José Ricardo Brandão Azevedo. São Paulo: Interciência, 1981.

RAUPP, F.M.; BEUREN, I.M. Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade, Teoria e Prática. São Paulo: Atlas, 2003.

SANTANNA, Leonel Garcia. Proposta de aplicação do orçamento base zero em um departamento financeiro de uma empresa multinacional. 2010.

YIM, R. K. Estudo de Caso: Planejamento e métodos. Tradução Daniel Grassi. 2 ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.