Profissão, Família e Educação – Conciliação da Tripla Jornada: uma questão de políticas e práticas organizacionais ou uma questão de sexo?

Olga Alexandra Chinita Pirrolas, Pedro Miguel Alves Ribeiro Correia

Resumo


Este artigo recaiu sobre um estudo realizado em Portugal, onde foram abordados temas referentes à conciliação da tripla jornada: profissão – família – educação, as desigualdades de papéis sociais e de sexo na conciliação da tripla jornada e as políticas e práticas facilitadoras da conciliação da tripla jornada. Este estudo foi realizado numa instituição de ensino superior em Portugal, tendo como objeto de estudo os alunos trabalhadores que frequentaram cursos de licenciatura. O objetivo geral consistiu em saber como é que os estudantes trabalhadores de uma instituição de ensino superior, conciliaram a tripla jornada. Como objetivos específicos pretendeu-se fazer a caraterização sociográfica dos estudantes trabalhadores; fazer a caraterização profissional e/ou de emprego dos estudantes trabalhadores; saber de que modo os estudantes trabalhadores geriram a conciliação da tripla jornada; analisar as práticas organizacionais facilitadoras da conciliação existentes nas empresas onde  rabalham os estudantes e analisar o ingresso no ensino superior. Através da recolha de dados por questionário, foi considerada uma amostra constituída por 148 respostas, das quais 145 foram consideradas como válidas. A aplicação de análises estatísticas (análise TwoStep Cluster) permitiu identificar 2 clusters de estudantes trabalhadores com diferenciada participação nas atividades domésticas.

Palavras-chave: Conciliação. Tripla Jornada. Papéis Sociais. Práticas Organizacionais. Ensino Superior.

Abstract
This article was based on a study conducted in Portugal, where themes related to the conciliation of the triple journey were addressed: profession - family - education, inequalities of social roles and sex in the conciliation of the triple journey and the policies and practices that facilitate the conciliation of the triple journey. This study was carried out in a higher education institution in Portugal, having as object of study the working students who attended undergraduate courses. The general objective was to know how working students from a higher education institution conciled the triple journey. As specific objectives it was intended to make the sociological characterization of working students; to make the professional and/or job characterization of working students; to know how do working students manage the conciliation of the triple journey; to analyse the organizational practices existing in the companies where the students work that facilitate the conciliation and to analyse the entry to higher education. Through the collection of data by questionnaire, a sample consisting of 148 answers was considered, of which 145 were considered valid. The application of statistical analysis (TwoStep Cluster analysis) made it possible to identify 2 clusters of student workers with differentiated participation in domestic activities. 

Keywords: Conciliation. Triple Journey. Social Roles. Organizational Practices. Higher Education.


Palavras-chave


Conciliação. Tripla Jornada. Papéis Sociais. Práticas Organizacionais. Ensino Superior

Texto completo:

PDF

Apontamentos