O salário como fator impulsionador do churning de recursos humanos

Olga Alexandra Chinita Pirrolas, Pedro Miguel Alves Ribeiro Correia

Resumo


Este artigo recaiu sobre um estudo realizado em Portugal, onde foram abordados temas referentes às causas do churning e medidas estratégicas de retenção de recursos humanos. Este estudo foi realizado através da realização de entrevistas a diretores de recursos humanos de empresas de diversos setores de atividade, do setor privado. O objetivo geral consistiu em analisar qual a principal causa do churning de recursos humanos e quais as principais medidas estratégicas adotadas pelas organizações para a retenção de recursos humanos. Considerando a revisão da literatura como base deste estudo, formulou-se a questão de investigação: “Qual a principal causa do churning de recursos humanos?” De forma a responder quer ao objetivo geral quer à questão de investigação, foram definidos como objetivos específicos: analisar as principais causas do churning assim como analisar quais as principais medidas de retenção adotadas pelas organizações, procedendo-se à elaboração de um modelo teórico-metodológico do churning de recursos humanos, com base na informação recolhida através das entrevistas, que permitiu analisar o relacionamento entre as principais variáveis, através do qual se concluiu que o salário foi a principal causa do churning de recursos humanos e que a principal estratégia das organizações para atenuar essa problemática é a revisão o pacote de benefícios atribuído aos colaboradores, considerando a constante atualização das politicas organizacionais face à concorrência no mercado de trabalho.

Palavras-chave


Salário. Causas do Churning de Recursos Humanos. Churning de Recursos Humanos; Retenção de Recursos Humanos; Políticas Organizacionais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.