Adaptar-se para sobreviver em época de pandemia: o caso dos apps móveis no Brasil

Alessandra Reis Augusto Casalino, Lara Andari Flores, Luciano Augusto Toledo, Milena de Oliveira Vitorio, Vitor Mazzin Hiebra

Resumo


O presente estudo teve como objetivo analisar como a pandemia do novo coronavírus afetou o mercado de aplicativos de dispositivos móveis e forçou-o, como um todo, a modernizar-se, a partir da contextualização do atual cenário. Utilizando como base o negócio de aplicativos no Brasil (Rappi e Uber Eats) e no mundo, junto com os conceitos de marketing de conteúdo e Inbound Marketing, associados às mídias digitais, foi feita uma análise para identificar as principais mudanças ocasionadas e os principais discursos relatados a partir desse novo panorama. Para a pesquisa, utilizouse o método qualitativo e para a coleta de dados, foi utilizada a triangulação de múltiplas fontes de evidências, que tiveram por base as fontes digitais e mapeamento de entrevistas. Em seguida, deu-se a aplicação da análise do DSC, com base nos dados coletados. De acordo com os dados levantados, percebe-se que houve uma aceleração da digitalização das atividades das empresas, a fim de manterem-se competitivas no mercado. Assim, notase uma mudança que vai do nível estratégico das empresas às atividades diárias da população.


Palavras-chave


Pandemia. Aplicativo. Tecnologia. Marketing. Mídias sociais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.